Marau, Segunda-Feira. 22/10/2018. Boa Tarde!
Reajuste de Contratos Coletivos com até 30 vidas por agrupamento (Pool de Risco), conforme Resolução Normativa ANS 309/2012. Período de aplicação: MAI... ver todos
1. Qual o órgão de regulamentação dos planos de saúde?
ver resposta
DICA
Dicas para manter um bom Plano de Saúde - Geral
04/10/2018

Ter um bom plano de saúde e com uma adequada rede credenciada, é o que a maioria das pessoas deseja.
Mas, para manter a qualidade dos serviços oferecidos, é preciso que a contribuição dos beneficiários seja suficiente para custear as despesas. Adotar uma postura responsável em relação à utilização do seu plano é uma das formas de se conseguir o equilíbrio entre receitas e despesas.
Faça a sua parte! Siga as dicas para a utilização sustentável dos serviços oferecidos por sua Operadora.

Dicas Gerais
1. Organize uma pasta com dados e referências à sua saúde e a de sua família. Apresente-o sempre que for ao médico. Guarde receitas e resultados de exames realizados, para facilitar a consulta e fornecer ao médico dados essenciais ao diagnóstico e tratamento.
2. Use o plano apenas quando necessário. O abuso eleva o custo da assistência.
3. O cartão de identificação é um documento e, como tal, é pessoal e intransferível. Nunca o empreste para outra pessoa.
4. Fique por dentro do seu Plano de saúde, conheça bem as coberturas, e seus direitos e deveres, para evitar contratempos.
5. Utilize o pronto-socorro somente em casos de urgência e emergência.
6. Acompanhe os demonstrativos de utilização do Plano e verifique se os débitos estão corretos.
7. Sempre que tiver questionamentos sobre a utilização dos procedimentos de saúde, contate a Unisaúde.
8. Verifique se as guias de serviço estão preenchidas corretamente e de forma completa. Antes de assinar as guias, certifique-se de que o serviço especificado foi o que você realmente utilizou.
9. Discuta com o seu médico sobre o que lhe foi prescrito, seja uma cirurgia ou outro procedimento, e, também, sobre os materiais cirúrgicos que serão utilizados.
10. Certifique-se sobre a efetividade do uso de novas tecnologias e sobre a aceitação delas no meio científico.
11. Consulte mais de um profissional, caso desconfie de alguma recomendação ou solicitação.
12. Invista na prevenção, realize consultas eletivas e exames periódicos de modo a reduzir internações e as idas ao pronto-socorro.
13. Participe de ações de saúde que tenham foco na prevenção.