Planos

Os planos de saúde da UNISAÚDE são propostos exclusivamente às pessoas jurídicas associadas à Associação comercial, Industrial, Serviços e Agropecuária de Marau - ACIM.

Dúvidas

O que é a UNISAÚDE?

1 - O que é a UNISAÚDE?

Ler +
Qual o órgão de regulamentação dos planos de saúde?

2 - Qual o órgão de regulamentação dos planos de saúde?

Ler +
Em caso de extravio do Cartão ou estiver vencido, o que devo fazer?

3 - Em caso de extravio do Cartão ou estiver vencido, o que devo fazer?

Ler +

Reajustes de Planos Coletivos

Informativos

Os Sinais do AVC06/09/2019

Os Sinais do AVC

 O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é a principal causa de mortalidade no mundo. De acordo com o Ministério da Saúde, no Brasil, a causa é responsável por cerca de 100 mil mortes ao ano.Para alertar sobre a importância da prevenção, tratamento e reabilitação, foi implementado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) o Dia Mundial do Combate ao AVC, comemorado no último 29 de outubro. A data reafirma a importância do socorro imediato para a redução nas chances de sequelas.De acordo com estudos, são 80 milhões de sobreviventes ao AVC e mais de 50 milhões vivem com alguma incapacidade permanente. Por isso, a importância de informações ao público leigo que pode reconhecer sinais do AVC através de quatro medidas simples, que seguem a abreviação “S.A.M.U” para fácil memorização:  Sorria – Peça para a pessoa dar um sorriso. Caso um dos lados da face, entorte ou paralise, é provável que seja um AVC.Abrace – Veja se a vítima consegue levantar os dois braços. Se um deles cair, trata-se de outro sintoma.Música – Incentive a pessoa a repetir uma frase de música. Não conseguir pronunciar corretamente também é uma indicação de AVC.Urgente – Caso tenha identificado alguns dos sintomas, ligue para o serviço de Urgência/Emergência mais próximo. Fonte: https://www.amib.org.br/noticia/nid/dia-mundial-do-combate-ao-avc-alerta-para-a-importancia-do-socorro-imediato/ 

Ler +

Setembro Amarelo 201906/09/2019

Setembro Amarelo 2019

10 de Setembro - Dia Mundial de Prevenção ao SuicídioDurante muitos anos, suicídio encontrava-se como uma das causas externas de mortalidade à sombra pelos elevados índices de homicídio e acidentes com veículos. Após levantamento dos índices de morte por suicídio e o crescente número, os dados se tornaram ainda mais alarmantes. Números apontam que são registrados cerca de 12 mil suicídios todos os anos no Brasil e aproximadamente 1 milhão no mundo. Já é sabido que cerca de 96,8% das vítimas tinha algum transtorno mental, diagnosticado ou não, geralmente não tratado ou tratado de forma inadequada.A prevenção do suicídio é uma ação que precisa ser pensada durante todo o ano. Apesar do foco da campanha estar no mês de setembro, a conscientização não pode parar.Por este motivo, a identificação e avaliação do risco suicida são competências que dizem respeito a toda a rede de saúde, sendo fundamental que todos estejam capacitados para realizá-la, por se tratar de uma grande questão de saúde pública mundial.  Fatores de risco possíveis de se identificar:Transtornos mentais: Depressão, bipolaridade, uso de drogas lícitas ou ilícitas, esquizofrenia e transtorno de personalidade.Histórico Pessoal: Tentativa préviaIdeação Suicida: Comentários que demonstrem desespero, desesperança e desamparo. Atenção às expressões “Eu desejaria não ter nascido”, “eu preferia estar morto”, “caso não nos encontremos de novo”.Fatores estressores crônicos ou recentes: Eventos estressantes significativos como separação, perda de uma pessoa próxima, prejuízo econômico e social.Organizar detalhes e fazer despedidas: Comportamentos que sugiram uma preparação para o suicídio como bilhetes, mensagens, testamentos etc...Meios acessíveis para suicidar-se: Acesso à arma de fogo, locais elevados, medicamentos etc...Impulsividade: Ato motivado por eventos negativosEventos Adversos na Infância e na Adolescência: Maus tratos, abusos, uso de substâncias, falta de apoio social e afetivo.Motivos aparentes ou ocultos: Comentários como “acabar com a dor”, “encontrar descanso”, etc...Presença de outras doenças: Doenças crônicas como neoplasias. O Tema da campanha 2019 é: ‘Suicídio: informando para prevenir’.Maiores informações disponíveis no site https://www.setembroamarelo.com/Fonte: https://www.setembroamarelo.com/blog   

Ler +

14 de Junho - Dia Mundial do Doador de Sangue12/06/2019

14 de Junho - Dia Mundial do Doador de Sangue

A doação de sangue é um ato altruísta e totalmente voluntário, que pode salvar vidas. Dependem desse ato solidário pessoas que se submetem a tratamentos planejados e intervenções médicas urgentes de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes e procedimentos oncológicos. O sangue é imprescindível também para que pacientes com doenças crônicas graves - como Doença Falciforme e Talassemia - possam viver por mais tempo e com mais qualidade, além de ser de vital importância para tratar feridos em situações de emergência ou calamidades.Para doar sangue, basta procurar as unidades de coleta de sangue, como os Hemocentros, para checar se você atende aos requisitos necessários para a doação. No mais, basta o desejo de ajudar o próximo.O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação. Os requisitos para doar sangue são:Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos devem possuir consentimento formal do responsável legal);Pesar no mínimo 50 kg;Estar alimentado. Evite alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação.Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas;Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;Apresentar documento de identificação com fotografia, emitido por órgão oficial. (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiro, Certificado de Reservista ou Carteira Profissional emitida por classe);Para os menores de 18 anos, é necessário o consentimento dos responsáveis e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos; A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação. Seja doador! Procure o Hemocentro mais próximo da sua casa!  Fonte: Site http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/doacao-de-sangue

Ler +

Localização

Unisaúde Marau

Endereço:

Av. Júlio Borella, 1240, Marau-RS, 99150-000

Links

Central de Atendimento

Associação Unisaúde Marau

ANS

Endereço:

Av. Júlio Borella, 1240, Conj. 406, Centro, Marau-RS, CEP 99150-000

E-mails:

unisaude@unisaudemarau.com.br
atendimento@unisaudemarau.com.br

Telefone:

(54) 3342-8002

Fale Conosco

Ouvidoria